Vila Mariana - São Paulo - SP
Vila Mariana
São Paulo/SP

10º Festival Internacional do Documentário Musical na Cinemateca

02/06/2018
visibility 303

O 10º Festival Internacional do Documentário Musical (IN-EDIT) na Cinemateca Brasileira é um evento cinematográfico que fomenta a produção e a difusão de filmes documentários que tenham a música como elemento integrador.

O Festival é realizado atualmente em diversos países como Chile, Grécia, México e Colômbia. Mas, sua primeira edição foi em 2003, em Barcelona em 2003. No Brasil, o IN-EDIT acontece desde 2009, assim, teremos nossa 10ª edição na Cinemateca Brasileira de 14 e 17 de junho. Porém, o Festival inicia no dia 7 em outras instituições, como: CCSP, Cine Sesc, Galeria Olido e Matilha Cultural.

As sessões da 10ª edição do IN-EDIT Brasil têm entrada gratuita. Confira a programação da Cinemateca Brasileira.

Rio Sonata
- dia 14 de junho, às 18h
- direção: Georges Gachot
- produção de 2010 - colorido - duração: 85 minutos
- país de origem - Suissa

Sinopse: Georges Gachot se apaixonou por Nana Caymmi durante as gravações de "Maria Bethânia: Música é perfume", seu filme anterior. Cinco anos depois e mais de 100 horas de gravações, o diretor apresenta um filme repleto de música e momentos mágicos que envolvem Nana e muitos convidados especiais.

Dê lembranças a todos
- dia 14 de junho, às 20h
- direção: Fabio Di Fiore, Thiago Di Fiore
- colorido - duração: 73 minutos
- país de origem - Brasil

Sinopse: Dorival Caymmi foi um dos inventores do imaginário baiano. Em seus 94 anos de vida, Caymmi compôs, cantou, escreveu, ilustrou e pensou sua Bahia, mesmo longe dela. Seus familiares, parceiros, amigos e fãs lembram de sua história, que o transformou em um dos pilares da cultura brasileira.

Maria Bethânia: Música é perfume

- dia 15 de junho, às 18h
- direção: Georges Gachot
- produção de 2005 - colorido - duração: 82 minutos
- paises de origem - Suissa e França

Sinopse: Georges Gachot conheceu Maria Bethânia quando veio ao Brasil para registrar a turnê Brasileirinho, em 2003. Maravilhado, passou a acompanhar a cantora nos bastidores musicais: encontros, ensaios, gravações, passagens de som. Neste retrato intenso, Gachot se centra na música e mergulha fundo no universo da baiana.

Arthur Moreira Lima: Um piano para todos
- dia 15 de junho, às 18h
- direção: Marcelo Mazuras
- colorido - duração: 83 minutos
- país de origem - Brasil

Sinopse: Arthur Moreira Lima é um pianista excepcional. Tendo atuado nos palcos mais importantes do mundo, hoje faz uma turnê pelo interior do Brasil levando a música erudita aos cantos mais esquecidos do Brasil, democratizando o acesso a sua arte.

Shut up and play the piano
- dia 16 de junho, às 15h
- direção: Phillip Jedicke
- colorido - duração: 82 minutos
- paises de origem - Alemanha, França e Reino Unido

Sinopse: Chilly Gonzales é um artista único. Nascido no Canadá, onde iniciou sua carreira musical na cena de rock alternativo, mudou-se para Berlim e caiu no underground da cidade nos anos 90. Shows surrealistas, discos brilhantes e parcerias inusitadas fazem dele um dos personagens mais interessantes do nosso tempo.

If I live here tomorrow: A filme about Lynyrd Skynyrd
- dia 16 de junho, às 17h
- direção: Stephen Kijack
- colorido - duração: 95 minutos
- país de origem - EUA

Sinopse: Nos anos 1970, o Lynyrd Skynyrd enchia estádios, vendia milhares de discos e gozava de enorme popularidade.  Mas um dia, o avião que levava os músicos caiu, matando metade da banda, técnicos e músicos de apoio. Aqui, os sobreviventes contam a trajetória do grupo, o acidente e a retomada após a tragédia.

Queercore
- dia 16 de junho, às 19h
- direção: Yone Leyser
- colorido - duração: 80 minutos
- país de origem - Alemanha

Sinopse: Com o “aburguesamento” da comunidade gay no início dos anos 1980, um grupo de artistas dá início a um movimento conhecido como Homocore, mais tarde chamado de Queercore. Misturando a fúria punk e a irreverência LGBT eles tomaram de assalto a música e o cinema para denunciar este acomodamento e chacoalhar de consciências.

Vinil, poeira e grooves
- dia 16 de junho, às 20h30
- direção: Diego Casanova
- colorido - duração: 70 minutos
- país de origem - Brasil

Sinopse: Quem deu por morto o disco de vinil nos anos 1990 não pode se vangloriar de ser uma pessoa de visão. Três décadas depois de sua "morte", o vinil hoje move uma economia poderosa, em um universo que mistura sons, dinheiro e paixão.

Onde está você, João Gilberto?
- dia 17 de junho, às 18h30
- direção: Georges Gachot
- colorido - duração: 106 minutos
- paises de origem - Suíça, Alemanha e França

Sinopse: Baseado no livro “HO-BA-LA-LÁ - À Procura de João Gilberto”, do escritor alemão Marc Fischer, Georges Gachot decide seguir os passos do autor para realizar o sonho de ambos: ver e ouvir João Gilberto cantar a canção "Ho-ba-la-lá". Para isso, ele não economiza esforços e contatos, além de chamar amigos e parceiros do músico.

Stop making sense
- dia 17 de junho, às 20h30
- direção: Jonathan Demme
- produção de 1984 - colorido - duração: 89 minutos
- paises de origem - Suíça, Alemanha e França

Sinopse: Em 1984, o diretor Jonathan Demme juntou-se à banda Talking Heads para um projeto inédito: fazer um show-filme onde as músicas da banda ganhavam um significado a mais durante a apresentação. O vocalista David Byrne concebeu toda a performance do espetáculo, criando uma narrativa cênica estudada até hoje nas escolas de cinema.

Mais sobre a Cinemateca Brasileira

Programação completa do 10º Festival Internacional do Documentário Musical na Cinemateca no site In-Edit Brasil

Fonte: Cinemateca Brasileira
- Largo Senador Raul Cardoso, 207
- Próximo ao Metrô Vila Mariana
- Telefone: 11-3512-6111