Vila Mariana - São Paulo - SP
Vila Mariana
São Paulo/SP

Inscrições para Cursos EAD em Saúde na Unifesp

21/02/2019
visibility 291

Cursos gratuitos EAD em Saúde na Unifesp

Estão abertas inscrições para Cursos EAD na Unifesp, que abordam os temas: saúde indígena, gestão local de desastres naturais e avaliação em saúde. Todos são gratuitos, autoinstrucionais e têm início imediato.

Assim, você pode se matricular e iniciar seu curso imeditamante. Mas, se não puder iniciar agora, poderá fazer a sua inscrição até 30 de junho de 2019, nos repsectivos links de cada curso.

A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) oferece quatro cursos gratuitos. Dois deles abordam a saúde indígena e os demais tratam da gestão local de desastres naturais e da avaliação em saúde, respectivamente.

Inscrições nos Cursos EAD

As inscrições podem ser realizadas até 30 de junho de 2019 nos links disponibilizados abaixo, na descrição de cada Curso.

O Fazer da Saúde Indígena

O Curso O Fazer da Saúde Indígena está embasado na Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, publicada em 2002. Assim, sob essas diretivas, a capacitação aborda as relações entre o contexto histórico, político e social e as bases legais, as quais devem orientar a prática e o atendimento à saúde indígena.

Como principal objetivo, a ampliação do conhecimento sobre saúde indígena dos profissionais da saúde. A diretriz contém recomendações sobre a formação de profissionais atuantes no subsistema de saúde indígena (SASISUS), constituído em 1999.

- público-alvo: livre
- carga horária: 60h
- para se matricular, clique aqui.

Conhecendo a realidade da Saúde Indígena no Brasil

Este módulo - Conhecendo a realidade da Saúde Indígena no Brasil - é uma continuidade do curso O Fazer da Saúde Indígena e tem como objetivo capacitar os profissionais de saúde para um atendimento qualificado a essa população. Assim, será considerando a diversidade dos povos indígenas e os hábitos que impactam em sua saúde.

Dividido em três unidades, o curso aborda os principais conceitos para a prática da saúde indígena, como a atenção diferenciada, a política de saúde e a epidemiologia aplicadas à prestação dos serviços de saúde.

- público-alvo: livre
- carga horária: 60h
- para se matricular, clique aqui.

Gestão Local de Desastres Naturais para a Atenção Básica

Desastres naturais costumam afetar, sobretudo, grupos populacionais e territórios mais vulneráveis. No Brasil, as principais ameaças naturais são as inundações bruscas e cenários de seca.

Assim, observando-se que o setor saúde é um dos mais demandados para agir em situações adversas, a capacitação foi pensada para que os profissionais de saúde possam gerir as ações locais que cabem à Atenção Básica em todas as etapas da gestão desses riscos.

Então, o conteúdo foi elaborado a partir da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), que tem características essenciais na gestão de risco e de desastres, como a responsabilidade de atuação em territórios e populações adscritos, conhecendo os problemas e necessidades de saúde dos locais acometidos por desastres naturais.

- público-alvo: livre
- carga horária: 60h
- para se matricular, clique aqui.

Introdução à Avaliação em Saúde

A avaliação em saúde constitui um vasto e intenso campo de práticas éticas, políticas e técnicas com forte incidência sobre os serviços. Assim, o curso Introdução à Avaliação em Saúde abrange conceitos de qualidade, e debate sobre desempenho, pactuação entre federados e processos intimamente relacionados a práticas avaliativas. Neste contexto, o curso de introdução à avaliação em saúde é voltado a profissionais graduados nas diversas áreas de saúde que estejam em atividade clínica, de gestão e de educação permanente.

Dividido em 5 módulos, os conteúdos abordados permitem ao aluno reconhecer

- o potencial das práticas de monitoramento e avaliação para qualificar a Atenção Básica
- diferenciar a avaliação interna e externa
- avaliação de estrutura, processos e resultados
- julgamento de mérito e relevância
- avaliação e monitoramento
- reconhecer as principais diferenças entre abordagens qualitativas e quantitativas de investigação da realidade

- público-alvo: livre
- carga horária: 60h
- para se matricular, clique aqui.

Conheça a busca Unifesp de voluntários para pesquisas:

- Urologia Unifesp recruta ciclistas para Estudo da Fertilidade Masculina
- Unifesp busca Voluntários para Pesquisa sobre uso de Drogas e Infertilidade
- Efeito do Óleo de Lavanda no Sono de Mulheres na Unifesp

Fonte: Universidade Federal de São Paulo - Unifesp