Vila Mariana - São Paulo - SP
Vila Mariana
São Paulo/SP

Antonio Pitanga - 80 anos na Cinemateca Brasileira

30/07/2019
visibility 124

A Cinemateca Brasileira apresenta a mostra Antonio Pitanga - 80 anos, de 1º a 11 de agosto de 2019, com programação gratuita.

Antonio Pitanga - 80 anos

Antonio Pitanga, que completa 90 anos em 2019 foi um dos atores expoentes do Cinema Novo. Também marcou presença no Cinema Marginal, em filmes produzidos pela Embrafilme e na produção contemporânea.

Na Mostra serão exibidas obras dirigidas por cineastas como Glauber Rocha, Sérgio Ricardo e Cacá Diegues.

Entre os destaques estão seus primeiros trabalhos, como Bahia de Todos os Santos e A grande Feira. O filmes serão exibidos em cópias 35mm pertencentes ao acervo da Cinemateca Brasileira.

Programação Antonio Pitanga - 80 anos

Bahia de todos os santosCnemateca Brasileira

- quinta-feira, 1º de agosto, às 19h
- elenco: Jurandir Pimentel, Lola Brah, Arassary de Oliveira e Antonio Luís Sampaio.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Bahia de todos os santos acontece durante o Estavo Novo, jovem rejeitado pelos pais sobrevive de pequenos furtos no porto de Salvador e dos favores de uma amante inglesa. Sua vida fica complicada quando se envolve com um grupo de operários grevistas.

Barravento

- quinta-feira, 1º de agosto, às 21h
- sexta-feira, 9 de agosto, às 19h
- elenco: Antonio Pitanga, Luiza Maranhão, Lucy de Carvalho, Aldo Teixeira e Lídio Silva.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Um homem que volta à aldeiazinha de pescadores em que foi criado para tentar livrar o povo do domínio da religião. O termo “barravento”, conforme explicado no início do filme, “é o momento de violência, quando as coisas de terra e mar se transformam, quando no amor, na vida e no meio social ocorrem súbitas mudanças”. Primeiro longa-metragem de Glauber Rocha.

A grande feira

- sexta-feira, 2 de agosto, às 21h
- elenco: Geraldo d’el Rey, Luiza Maranhão, Helena Ignez e Antonio Luis Sampaio.
- classificação indicativa: 12 anos

Sinopse: Feirantes de Água dos Meninos, em Salvador, são ameaçados de despejo por um empresa imobiliária e lutam para não perder o terreno. A partir desse acontecimento, cria-se uma trama enredando diversos personagens – uma prostituta, um ladrão, um marinheiro e uma milionária romântica. Clássico da filmografia baiana.

Esse mundo é meu

- domingo, 11 de agosto, às 18h
- elenco: Antonio Sampaio, Léa Bulcão, Maria da Glória Arruda, Sérgio Ricardo, Luiza Aparecida, Ziraldo e Moradores da favela da Catacumba.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Esse mundo é meu e um contraponto de duas histórias de dois casais de favelados. Considerado por Luc Mullet um dos filmes mais importantes de 1964, em artigo nos Cahiers du Cinema. Montagem de Ruy Guerra e câmera de Dib Lufti. Sérgio Ricardo é também compositor da trilha sonora do filme.Cinemateca Brasileira

Ganga Zumba

- sábado, 3 de agosto, às 17h
- sábado, 10 de agosto, às 16h
- elenco: Antonio Luís Sampaio, Eliezer Gomes, Luiza Maranhão, Jorge Coutinho e Cartola.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Escravos de um engenho do Nordeste tramam uma fuga para o Quilombo dos Palmares, comunidade formada por negros que recusam a exploração dos senhores do açúcar. Entre eles, está o jovem Ganga Zumba, futuro líder da república revolucionária. Baseado no livro de João Felício dos Santos, Ganga Zumba foi exibido na Semana da Crítica do Festival de Cannes de 1964. Primeiro longa-metragem de Carlos Diegues.

Sol sobre a lama

- sexta-feira, 2 de agosto, às 19h
- elenco: Geraldo d’el Rey, Gessy Gesse, Glauce Rocha, Tereza Raquel, Jurema Pena, Othon Bastos, Antonio Pitanga.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Sol sobre a lama é a luta pela preservação do canal de acesso à Feira de Água de Meninos em Salvador, BA, movida por diversos personagens contra os poderosos que ambicionam os terrenos sobre os quais se desenrola a feira.

A grande cidade

- sábado, 3 de agosto, às 19h
- domingo, 11 de agosto, às 16h
- elenco: Anecy Rocha, Leonardo Vilar, Antonio Pitanga, Joel Barcellos, Zé Keti, Maria Lúcia Dahl, Embaixador, José Cruz Jr., Jofre Soares, Hugo Carvana e Luiz Carlos Maciel.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Luzia chega na grande cidade: o Rio de Janeiro com a expectativa de vida nova. Na grande cidade, ela também encontra Jasão, seu noivo, ex-vaqueiro, que deixara o Nordeste. Mas ele finge que não a reconhece e Luzia, sozinha, vê-se obrigada a aceitar a ‘proteção’ de Calunga, um desocupado, para quem a vida é uma fascinante aventura sem caráter ou remorso.

Câncer

- domingo, 4 de agosto, às 18h
- sexta-feira, 9 de agosto, às 21h
- elenco: Odete Lara, Hugo Carvana, Antonio Pitanga, Rogério Duarte e Eduardo Coutinho.
- classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: No Rio de Janeiro, em 1968, em meio à turbulência política da época, um negro carioca, malandro típico, encontra-se com o receptador de seus pequenos golpes. Entre eles, move-se de modo escorregadio uma loura sensual, que contempla alternadamente com seus carinhos um e outro. Sob esta estrutura, Câncer traça um painel daquele momento brasileiro, flagrando com câmera nervosa detalhes de um Rio que não existe mais e onde aparece, quase como um personagem do filme, a antiga Cinelândia.

Uma nêga chamada Tereza (Que Maravilha)

- quinta-feira, 8 de agosto, às 19h
- elenco: Jorge Ben, Pepita Rodrigues, Marlene França, Marina Montini e Antonio Pitanga.
- classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: A poucos dias do início de mais uma edição do prestigiado Festival Internacional da Canção, uma quadrilha de bandidos arma um plano que parece infalível: substituir o favorito ao prêmio, Jorge Ben Jor, por um sósia comandando pelos bandidos, que desejam tomar o prêmio principal da competição. Inspirado na canção País tropical, de Jorge Ben Jor.

Juliana do amor perdido

- quinta-feira, 8 de agosto, às 21h
- elenco: Maria do Rosário, Francisco di Franco, Macedo Neto e Antônio Pitanga.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Em Juliana do amor perdido tem o apito de um trem de carga vem mexer com a lembrança e a consciência dos pescadores do litoral. Um estrangeiro, proprietário da ilha, mantém os pescadores escravizados, alimentando seu misticismo através de Juliana, tida como santa em toda a região. Corrompe seu pai, chefe dos pescadores, obrigando-o a manter a santidade da filha. Ela não acredita, mas mantém a santidade para escapar ao assédio dos homens da aldeia, indo buscar uma esperança, na beira da estrada, acenando para Faísca, o maquinista do trem.

A idade da Terra

- domingo, 4 de agosto, às 20h
- elenco: Antonio Pitanga, Maurício do Valle, Norma Bengell, Ana Maria Magalhães, Jece Valadão e Tarcísio Meira.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: A idade da Terra é o último filme de Glauber Rocha, que o definiu: O filme mostra um Cristo-pescador, interpretado pelo Jece Valadão, um Cristo-negro interpretado por Antonio Pitanga. Mostra o Cristo que um conquistador português Dom Sebastião interpretado por Tarcísio Meira e mostra o Cristo Guerreiro-Ogum de Lampião, interpretado por Geraldo Del Rey.

Quer dizer os quatro Cavaleiros do apocalipse que ressuscitam o Cristo do terceiro mundo, recontando o mito através de dos quatro evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João, cuja identidade e revelada no filme quase como se fosse um terceiro testamento. E o filme assume um tom profético, realmente bíblico e religioso.

Chico Rei

- sábado, 10 de agosto, às 18h
- elenco: Alexander Allerson, Anselmo Vasconcelos, Antonio Pitanga, Chico Diaz e Claudia Rieschel.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Em meados do século XVIII, Galanga, rei do Congo, é aprisionado e vendido como escravo. Trazido da África num navio negreiro, recebe o nome de Chico Rei e vai trabalhar nas minas de ouro de um desafeto do governador de Vila Rica. Escondendo pepitas no corpo e nos cabelos, Galanga se habilita a comprar sua alforria e, após a desgraça do seu ex-senhor, adquire a mina Encardideira, tornando-se o primeiro negro proprietário. Rico, ele se associa a uma irmandade para ajudar outros negros a comprarem a liberdade.

Quilombo

- sábado, 10 de agosto, às 20h15
- elenco: Antônio Pompeo, Zezé Motta, Toni Tornado, Vera Fischer, Antonio Pitanga, Maurício do Valle, Grande Otelo, Jofre Soares. Part. especial: Léa Garcia, Milton Gonçalves e Dona Zica.
- classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Em torno de 1650, um grupo de escravos se rebela num engenho de Pernambuco e ruma ao Quilombo dos Palmares, onde uma nação de ex-escravos fugidos resiste ao cerco colonial. Entre eles, está Ganga Zumba, príncipe africano e futuro líder de Palmares. Mais tarde, seu herdeiro e afilhado, Zumbi, contestará as idéias conciliatórias de Ganga Zumba, enfrentando o maior exército jamais visto na história colonial brasileira.

Pitanga

- sábado, 3 de agosto, às 21h
- domingo, 11 de agosto, às 20h
- classificação indicativa: 12 anos

Sinopse: O percurso estético, político e existencial do ator Antonio Pitanga, que, dirigido por grandes cineastas - como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. –, foi destaque em alguns dos momentos de maior inquietação artística do cinema brasileiro.

Fonte: Cinemateca Brasileira

- Largo Senador Raul Cardoso, 207
- Próximo ao Metrô Vila Mariana
- Telefone: 11-3512-6111

Agora a Cinemateca está mais Próxima do Metrô. Pois, a Estação Hospital São Paulo da Linha Lilás está a 10 minutos a pé da Cinemateca Brasileira.